Pesquisar neste blog

terça-feira, 22 de maio de 2012

Sobre as riquezas da Igreja Católica

Recebi esta matéria por e-mail e publico aqui.
Autoria: Bryan
_________________________

Oras, é muito fácil olhar uma coisa e achar "bonito" e sair espalhando por aí o que todo mundo tá falando, sem procurar saber como as coisas realmente são. O mais triste é que muitas pessoas católicas ou não, e que sabem que o sistema não é assim, se calam por medo e muitas vezes repassam essas mentiras que circulam por aí.

Mas agora vamos aos esclarecimentos, tudo o que está escrito aqui é verdade, existem provas e fatos.
Para quem acha que a Igreja Católica é um lugarzinho onde os padres falam "é porque Deus quis assim e pronto" aqui vai uma informação: a Igreja Católica é a instituição com o maior número de prêmios Nobel do mundo, ou seja, a Pontifícia Academia de Ciências conta com o maior número de membros laureados com prêmio Nobel, sendo que foram majoritariamente escolhidos como membros da Academia bem antes de serem premiados, e quem pensa que essa academia é um clubinho onde padres se reúnem, tá bem enganado, muitos dos cientistas membros, provenientes de todo o mundo, não são católicos.
E como eu gosto de matar a cobra e mostrar o pau, vou disponibilizar links, para quem quiser olhar e verificar:

http://blog.cancaonova.com/felipeaquino/2007/10/10/mais-dois-premios-nobel-na-academia-pontificia-das-ciencias/

http://blog.cancaonova.com/felipeaquino/2007/10/10/mais-dois-premios-nobel-na-academia-pontificia-das-ciencias/

Agora, sobre a questão dessa foto que está circulando por aí, você sabia que a Igreja Católica é a maior Instituição de Caridade do Mundo? Nossa, que contraditório isso, não ?
Sabia que se a Igreja Católica saísse da África, 60% das escolas e hospitais seriam fechados?
Sabia que quando a epidemia de Aids estourou nos EUA e as autoridades não sabiam o que fazer, eles chamaram as freiras da Igreja para cuidar dos doentes, porque ninguém mais queria fazê-lo ?
Que no Brasil, até 1950, quando não existia nenhuma política de saúde pública, eram as casas de caridade que cuidavam das pessoas que não tinham condições de pagar um hospital?
Ora, vejamos só.
A Igreja Católica mantém na Ásia:
1.076 hospitais
3.400 dispensários
330 leprosários
1.685 asilos
3.900 orfanatos
2.960 jardins de infância

Na África:
964 hospitais
5.000 dispensários
260 leprosários
650 asilos
800 orfanatos
2.000 jardins de infância

Na América:
1.900 hospitais
5.400 dispensários
50 leprosários
3.700 asilos
2.500 orfanatos
4.200 jardins de infância

Na Oceania:
170 hospitais
180 dispensários
1 leprosario
360 asilos
60 orfanatos
90 jardins de infância

Na Europa:
1.230 hospitais
2.450 dispensários
4 Leprosários
7.970 asilos
2.370 jardins de infância

Alguém pode me dizer se existe qualquer outra pessoa, empresa ou instituição que faz pelo menos 1/4 do que está escrito acima?



Agora, "por que a Igreja não vende tudo o que tem para ajudar as pessoas necessitadas?"
Veja só, a Igreja não poderia vender o que ela tem nem se ela quisesse, os bens da Igreja Católica são patrimônio de Roma e dos países em que ela está presente. Além do mais, existe o Tratado de Latrão, que impede a Igreja de vender o que está no Vaticano. Lembrando também que o trono não é de ouro, é bronze dourado em madeira. Gian Lorenzo Bernini, o maior escultor do século XVII e também um extraordinário arquiteto, em 1657 começou o Trono de São Pedro, ou Cathedra Petri, uma cobertura em bronze dourado do trono em madeira do papa, que foi terminada em 1666. Mas vamos pensar que a Igreja deva vender tudo. Se fosse assim, talvez todos os museus de mundo também devessem vender as suas artes para ajudar no combate da miséria, talvez todos os países devessem dar as suas riquezas, talvez todas as pessoas devessem dar o que têm, talvez você deva dar este seu computador, que está usando agora, para ajudar na luta contra a miséria.

Link sobre o ''Trono de ouro'':


E aí, que tal ?
E ainda tem gente que diz que a Igreja é ignorante, que não se preocupa com a ciência, que não faz caridade, que tapa os olhos diante das coisas do mundo.

Peço desculpas se alguém se sentir ofendido, mas tudo que escrevi aqui é verdade, pode procurar além das fontes contidas aqui e conferir.
Mas primeiramente quem se sentiu ofendido fui eu, porque pessoas que não sabem nada sobre a minha fé andam espalhando essas falsas informações por aí. Portanto, eu não poderia ficar calado de braços cruzados, então criei esta contra campanha.
Peço aos Católicos, aqueles que são realmente Católicos e não têm vergonha nem medo de assumir isso e a todos que concordam com o que eu escrevi, sendo Católicos ou não, que divulguem minha proposta para podermos acabar com essas mentiras que circulam por aí. Se tiverem dúvida, podem me incomodar, porque o que eu souber vou tentar usar pra esclarecer.
Eu sei que o texto já está meio grande, mas esse é um tema que não dá pra dividir ou deixar algumas partes de lado, por isso sempre que consigo mais informações, eu as adiciono aqui.
Agradeço a paciência dos que leram, agradeço às pessoas que compartilharam esta campanha, agradeço pelas informações a mais que me forneceram para enriquecer esse texto e agradeço principalmente ao meu pároco, que me proporcionou conhecimento sobre este e diversos outros assuntos. E me desculpem pelo "porcurar" na imagem, mas enfim, ninguém é perfeito né? 

XD
Compartilhem.

Obrigado.
BRYAN
__________________________________________________________

11 comentários:

  1. Excelente texto... encontrei na tentativa de procurar fontes seguras sobre as instituições mantidas pela Igreja Católica pelo mesmo motivo que o seu, a indignação com a ignorância das pessoas que tanto criticam com argumentos sobre o trono ou a cruz "de ouro" usados pelo papa. Pena que pelo visto não foram muitas pessoas que leram...

    ResponderExcluir
  2. Perfeito, parabéns, mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Falacioso pra dizer o mínimo. Cheio de dados infundados. Sim, infundados. Ou você achou que citar outros blogs e sites de instituições católicas pra fundamentar o que fala foi realmente científico?

    E foi de uma má fé intelectual tremenda comparar o acúmulo de riqueza da Igreja Católica com o computador doméstico das pessoas. Então quer dizer que pra se livrar de uns bons milhões a Igreja precisa que todos se livrem primeiro das suas dezenas e centenas!?

    E é esse texto a tal fonte segura contra a ignorância, que traz a verdade sobre a Igreja Católica? Vocês precisam estudar História.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, nem que eu lhe passasse a contabilidade da Santa Sé você se convenceria. Ainda assim diria que é falácia. Não existe óculos para quem não quer ver. Eu já fui atéia e debulhei essa sua história, e os seus argumentos, conheço-os todos! É preciso querer ver, para enxergar. Ou na sua cidade não há asilos, orfanatos, abrigos ou escolas mantidos pela Igreja? Em qualquer lugar do mundo há, e são pessoas católicas - freis e freiras - despojados de si mesmos, que se entregam a Deus numa vida de completa pobreza, são estes que conduzem essas casas (aposto que você já pensou na pedofilia...).
      Quanto ao computador, é fácil falar quando se está sentadinho atrás de um monitor. Vá fazer um trabalho semelhante, vá ver in loco, e depois venha discutir.

      Excluir
    2. 1. Onde há na mensagem acima qualquer indicativo de que o autor é ateu? É preciso ser ateu pra apontar falácias num texto falacioso? É com esse espírito de raciocínio superficial que você julga tudo que lê e publica no seu blog?

      2. Então quer dizer que questionam as fontes do seu texto - texto que, vale ressaltar, exalta a pretensão de ser bem fundamentado a todo o momento - e você responde apenas com algo como "nem que eu mostrasse fontes confiáveis você se convenceria"? Saída interessante. Lembro ainda que demonstrar o que se fala com fontes confiáveis não é coisa de ateu, é coisa de gente honesta.

      3. Escolas e abrigos mantidos pela Igreja e prêmio Nobel da paz não apagam uma história de violência. É só mais uma forma de tirar a atenção de efeitos nocivos da atuação da Igreja Católica no mundo inteiro.

      4. "Aposto que você já pensou na pedofilia". Pergunto: É pra ignorar?

      5. Então quer dizer que além de ateu, você também adivinhou que o autor da mensagem não faz nada além de falar sentadinho atrás de um monitor? Você é realmente esplêndida.

      Sua resposta é bastante equiparável ao texto: Lamentável. Um desserviço à sociedade e a Igreja Católica.

      Sinto apenas por aqueles que não possuem as ferramentas necessárias para respondê-lo apropriadamente, e que o divulgam de forma impensada. Aos católicos realmente preocupados em defender sua igreja: vocês não precisam desse nível de baixeza retórica, podem fazer isso de modo honesto.

      Erro bom é aquele assumido e reparado. O resto é só "murro em ponta de faca", "tapar o sol com a peneira" e - por que não dizer? - falácia.

      Excluir
    3. Concordo que a publicação está longe de possuir valor científico, e tem vários pontos fracos. Mas esse último comentário também tem. E alguém não deveria exigir um nível alto de retórica sem antes demostrá-lo.
      Vou citar um ponto infeliz deste comentário, no tópico 1:

      A autora Raquel em nenhum momento afirmou que o autor do comentário era ateu. O que ela disse foi que ela tinha sido ateia e por isso conhecia bem todas as críticas, merecidas ou não, feitas contra a ICAR.

      Acho que quem utilizou um "raciocínio superficial" para julgar o que leu não foi a Autora, não é mesmo?

      Excluir
  4. VCS SAO TREMENDAMENTE IMBECIEIS IDIOTAS CEGOS SURDOS E DIANTE DE DEUS NUS
    NENHUMA DESSAS INSTITUIÇOES SAO BANCADAS PELO VATICANO OU QUALQUER IGREJA CATOLICA SE ISSO AE É VERDADE PODE CRER Q É OS VOLUNTARIOS Q SUSTENTAM E A IGREJA LEVA O NOME É IGUAL AO CRIANÇA ESPERANÇA UMA PALHAÇADA UM TREMENDO ENGANO O CRIANÇA ESPERANÇA CHEGA COM O NOME EM UMA CIDADE QUAL O EMPRESARIO QUE NAO PATROCINARIA QUALQUER COISA PEDIDA PELO CRIANÇA ESPERANÇA OU PELA IGREJA CATOLICA AS IGREJAS EVANGELICAS NAO TEM APOIO DE NINGUEM A NAO SER DOS SEUS FIEIS NAO TEM APOIO DO GOVERNO COMO A IGREJA CATOLICA TEM O PAPA TA VIVNDO AO BRASIL O VATICANO NAO GASTOU UM REAL UM BISPO SAI DE SUA CIDADE PRA OUTRA NAO GASTA UM REAL OS PADRES NAO PAGAM ALUGUEIS NAO TEM FILHOS E NEM ESPOSAS PRA SUSTENTAREM NAO DA UM PAO A NINGUEM E VC VEM COM ESSA CONVERSA MOLE PRA CIMA DE MIM HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, não sei para que tanta indignação, ofensas! O post só responde o clichê, fruto do senso comum das pessoas que acham que os problemas do mundo serão resolvidos se a Igreja vender seus o patrimônio que encontra -se na suas mãos. É o desejo ideológico de acabar com os meios de evangelização e fazer com que os Igrejas sejam transformadas em museus com nos países comunistas. Sim! Porque resolver o problema da miséria, fome, com certeza não resolveria. Esse câncer da humanidade esta ligado a ganância, corrupção, egoísmo, falhas e incompetência nas políticas públicas, má distribuição de rendas, falta de solidariedade, não tem nada a ver com os bens da Igreja. Tem a ver com todos,todas as igrejas, religiões, setores sociais. De fato a Igreja, que eu conheço e não preciso da opinião de opositores,tem inúmeros trabalhos ligados a assistência social, cada instituição, pastoral, movimento e associação, precisa aliar caridade com evangelização. Um não pode viver sem a outra.É um identidade que não são os ataques dos incomodados que mudará.Ai você pode falar: "mas não é o Vaticano que banca, são os fiéis"., somos sim!Porque somos IGREJA MILITANTE! e não precisamos e nem queremos vender nada da Igreja para suprir a curto prazo as misérias humanas, sendo que as da alma, só a Palavra de Deus vai suprir. Faça o bem ao invés de criticar com soluções infrutíferas.

      Excluir
  5. muito boom! vc e muito impactante em suas palavras!!!
    amei seu texto.

    ResponderExcluir
  6. Agente só ama aquilo ou a quem se conhece.Se vc não conhece a Igreja Católica não critique.Cuidado a prestação de contas é individual,não vai ter ninguem lá com vc para te defender.Vc parece mais estar nas trevas,cuidado para não tropeçar na própria sombra.

    ResponderExcluir