Pesquisar neste blog

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Brasil, minha Pátria amada

Sei que apenas umas três ou quatro pessoas lerão o texto abaixo. Tudo bem, é um texto longo mesmo. Apenas quis deixar registrado aqui o meu pensamento de hoje.
.........

Há quem diga que a revolução comunista não vai acontecer no Brasil porque o nosso País é muito grande.

Por causa disso mesmo foi que eles demoraram tantas décadas para prepará-la. Tempo mais que suficiente para aparelhar todas as instituições, tomar as universidades e a mídia, baixar o nível intelectual do povo e agora, enfim, sem mais tempo a perder, o tempo chegou: ou vai ou racha.
Eles não vão permitir que Bolsonaro seja eleito, de jeito nenhum. Não perderiam tantos anos de trabalho duro por nada deste mundo. Estão com a faca e o queijo na mão, o momento é agora. Quem não vê?

Lembro quando Chávez morreu em 2013, lembro das eleições na Venezuela. Lembro que Maduro venceu apertado e foi acusado de fraude na contagem dos votos, lembro que ele vivia dizendo que aquelas eleições foram 100% democráticas, que ele venceu democraticamente e que a oposição é que não aceitava a derrota, lembro que ele mandou prender o líder da oposição Leopoldo López pelo crime de "agitação social", lembro que Leopoldo foi torturado na cadeia e que ficou preso de 2013 a 2017, quando foi para prisão domiciliar, até onde sei. Lembro de ter visto, logo após aquelas eleições, o povo venezuelano protestando em massa nas ruas, em desespero. Lembro de mães chorando por seus filhos que saíam pela manhã em protesto, sem saber se voltariam vivos. Já era tarde, não havia mais o que fazer.

Se o STF soltar Lula e declará-lo elegível, ele será eleito pelas fraudes das urnas eletrônicas, sem dúvida. E isso é 100% provável, tanto que os institutos de pesquisa já o colocam no topo, como é praxe nesses casos. Lula tem tanta certeza disso que hoje tirou Ciro Gomes do caminho, já tendo como certa a sua entrada triunfal em setembro, prazo que os partidos têm para trocar de candidato se quiserem. Lembram que a reunião do FSP aconteceu dias atrás? Então.
Se Lula for presidente, o que poderão as FFAA? Nada. Quem poderá contestar? Ninguém. Eles dirão que ele foi eleito "democraticamente" e não aceitarão contestações, e não haverá provas nem tribunal que nos defenda. E então será tarde, todo protesto será em vão.

Que desânimo me bateu hoje... Já vislumbro para um futuro breve a descriminalização do aborto, das drogas, da pedofilia, desarmamento total, bandidos nas ruas, idolatria de Lula nas escolas e universidades, censura total, destruição da família, empoderamento feminino, perseguição aos cristãos, falência, pobreza.... e tudo mais que se vê nos ditos "paraísos socialistas".

Mas, de repente penso que precisamos passar por isso mesmo. O Brasil, no auge da adolescência dos seus 500 anos, precisa dar asas à imaginação da sua entorpecência e agir como um rebeldezinho, até apanhar bastante da vida: não lhe bastaram os conselhos dos mais velhos.

Então vá, Brasil. Vá sofrer um pouco. Ninguém se torna uma Polônia sem passar pelos caminhos que a Polônia passou.

Quanto a nós, cristãos, podem nos matar o corpo, mas a nossa alma ninguém mata: o cristão é imortal.